Universidade do Minho  

           
 
  Autenticação/Login
 
homepage
mapa do site
como chegar
contactos
   
  imprimir
 
voltar 
Exposição de escultura do escultor galego Emílio Filgueira e de pintura do pintor monçanense Puskas
Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho segunda-feira, 01-08-2022
Não perca nos meses de agosto e setembro a exposição de escultura do artista galego Emílio Filgueira e de pintura do monçanense Puskas
  Exposição de escultura do escultor galego Emílio Filgueira e de pintura do pintor monçanense Puskas  
 
Está patente ao público na Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho, a exposição de escultura do escultor galego Emílio Filgueira e de pintura do pintor monçanense Puskas. 

A exposição estará patente ao público nos meses de agosto e setembro. 

Sinopse segundo os artistas:
Emílio Filgueira, Vigo 1965.
«Mis obras están muy vinculadas a la superviviencia y cuidado del medio ambiente ya que los materiales que utilizo, la piedra y el hierro, son reciclados, mi objetivo es darle una segunda oportunidad.Mis obras son un grito de alerta al planeta, reflejan una llamada a la superviviencia de la naturaleza y en todas ellas la piedra siendo materia inerte tiene vida propia y expresa su sentimiento. Socio de EspaçoQ /QuadraSoltas entidad sin animo de lucro cuyo objetivo es divulgar el arte y la cultura.Socio de la Fundacion Atlas Violeta». 

José de Barros, Puskas, Monção, 1954.
«Autodidata convicto, no sentido absoluto do termo, sem ter frequentado escolas de arte oficiais, públicas ou privadas, Puskas fez uma aprendizagem gradual num curto espaço de tempo, através de muito trabalho de pesquisa e uma forma natural e intuitiva para aplicação de regras de ouro desta modalidade. Os seus temas preferidos fixam-se em panoramas diurnos, prefigurados nos mistérios das sombras iluminadas, nos espaços urbanos e rurais, onde emprega uma linguagem plástica plena de referências humanas. Retrata com frequência cenas históricas e lendas, realiza obras de caráter abstracionista com mestria e mistura com destreza as várias correntes artísticas nas suas criações, dotando-as de um cunho muito pessoal de rara singularidade. Um dos raros pioneiros da arte em Monção e não só, referindo que a sua primeira exposição data de 1973, passando pelo alto Minho, península Ibérica, da Galiza ao Sudoeste Francês». 

 Não perca esta exposição! 

Horário da Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho: 
De terça a sexta feira: das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00;
sábado das 14h00 às 19h00;
domingo e segunda feira: encerrada 

Mais informações em:
www.casamuseumoncao.uminho.ptwww.facebook.com/pages/Casa-Museu-de-MonçãoUniversidade-do-Minho/809321412454696 

Contactos:
Casa Museu de Monção/Universidade do Minho
Rua Conselheiro João da Cunha, nº 57
4950 - 469 Monção
Telefone: +351 251 652 104
e-mail: casamuseumoncao@reitoria.uminho.pt
email:geral.casamuseumoncao@reitoria.uminho.pt
www.casamuseumoncao.uminho.ptwww.facebook.com/pages/Casa-Museu-de-MonçãoUniversidade-do-Minho/809321412454696
 
voltar 
 
  © 2022 Universidade do Minho  - Termos Legais  - actualizado por CMM Símbolo de Acessibilidade na Web D.