Universidade do Minho  

           
 
  Autenticação/Login
 
homepage
mapa do site
como chegar
contactos
   
  imprimir
 
voltar 
Mentes Geniais - Descobertas Extraordinárias
Sala de Exposições da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho, na vila de Monção terça-feira, 03-03-2015
A Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho, acolhe durante o mês de março a exposição dedicada a figuras da ciência laureadas com o Prémio Nobel.
  Mentes Geniais - Descobertas Extraordinárias  
 
A Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho, acolhe durante o mês de março a exposição intitulada Mentes Geniais - Descobertas Extraordinárias.

Esta exposição foi cedida pelo Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Vila do Conde (CMIA) a quem agradecemos a gentileza desta cedência.

Esta Exposição é composta por 20 painéis e tem como objetivo dar a conhecer ao público a vida e as descobertas de 18 personalidades que marcaram o século XIX e inícios do século XX, focando a relevância de figuras da ciência laureadas com o Prémio Nobel.

Mentes Geniais - Descobertas Extraordinárias

Exposição Itinerante

Presentemente assistimos a uma extraordinária revolução técnico-científica que começou aproximadamente há cerca de meio século. Esta revolução causou alterações profundas em numerosos domínios da ciência e também no nosso quotidiano.

Apesar de no século XVIII já existirem algumas publicações científicas, é a partir do século XIX, quando todos os ramos da ciência sofrem um grande desenvolvimento, que a prática da ciência se torna profissional e institucionalizada. Surgem as sociedades científicas especializadas e a ciência começou a tornar-se mais acessível à população, quer através de conferências, quer através de livros científicos populares.

No século XX a ciência avançou ainda mais rapidamente que no anterior, tendo como consequência uma alteração nos hábitos das populações humanas e a melhoria da qualidade de vida.

A história da ciência e da tecnologia complementam-se. Inovações tecnológicas trazem novos avanços científicos que conduzem a novas descobertas Embora atualmente os avanços científicos e tecnológicos raramente sejam resultado do trabalho individual, o brilhantismo e a perseverança de alguns cientistas e empreendedores, foi fundamental para a revolução tecnológica a que hoje assistimos.

Esta exposição, composta por 20 painéis, tem como objetivo dar aos visitantes a oportunidade de conhecer melhor a vida e as descobertas de 18 personalidades que marcaram o século XIX?primeira metade do século XX. Para além de focar a relevância da sua vida para a época em que viveram (muitas delas galardoadas com Prémios Nobel), apresenta os conceitos que estiveram por trás das suas descobertas e também pequenas curiosidades.

Os génios brilhantes e a atividade científica e filosófica não são somente fruto de mentes privilegiadas. Muitas vezes é o resultado de um "momento de inspiração", mas frequentemente de muito trabalho e perseverança, uma vez que muitas das suas teorias aqui apresentadas não foram aceites na época em que foram divulgadas pela primeira vez.


20 Painéis (85x142cm):

Thomas Alva Edison (1847-1931);

Alexander Graham Bell (1847-1922);

Guglielmo Marconi (1874-1937);

John Bardeen (1908-1991);

Narinder Singh Kapany (1926- );

Mikhail Tsvett (1872-1920);

Charles Robert Darwin (1809-1882);

Gregor Mendel (1822-1884);

James Watson (1928-);

Louis Pasteur (1822-1895);

Robert Koch (1843-1910);

Sir Alexander Fleming (1881 - 1955);

António Caetano de Abreu Freire Egas Moniz (1874 - 1955);

Marie Curie (1867-1934);

Albert Einstein (1879-1955);

Ivan Petrovich Pavlov (1849-1936);

Sigmund Freud (1856 - 1939);

Jean-Paul Sartre (1905-1980);

Como pensam os cientistas?

Ficha Técnica



Horário da Exposição:

2ª a 6ª feira - das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h00
Sábados: das 14h00 às 18h00
Domingos: Encerrada

A entrada é livre
 
voltar 
 
  © 2022 Universidade do Minho  - Termos Legais  - actualizado por CMM Símbolo de Acessibilidade na Web D.